segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Apresentação do livro "A Profissão de Educador de Infância e o género masculino", de Mariana Grazina Cortez

REDE MUNICIPAL DE BIBLIOTECAS DE ALMADA


O livro pretende contribuir para uma reflexão intensiva das vinculações ao estatuto sócio-profissional de Educador de Infância, analisando as dinâmicas do processo de (re)construção das identidades masculinas numa profissão tradicionalmente considerada como feminina.
Este processo de construção da identidade pessoal e profissional assenta na identificação dos indivíduos consigo, com os outros e com o meio envolvente num dado contexto espaço-temporal, o que pressupõe uma rede de relações pessoais e sócio-culturais, podendo produzir constrangimentos endógenos e exógenos, traduzidos em vinculações profissionais activas e/ou possíveis conflitos identitários. 
 Verificou-se que os docentes mais novos (número de anos de experiência profissional e/ou em idade cronológica),de ambas as redes de ensino, defendem um equilíbrio e paridade de perspectivas (educativas) de género. Os educadores de infância mais velhos e com maior antiguidade profissional, de ambas as redes, acentuam a sua diferenciação como elementos masculinos numa fusão entre as realidades individuais e as identidades sócio-culturais, reproduzindo na cultura escolar a valorização “universal” da condição de género masculina.
    
Local: Biblioteca Municipal de Almada
Dia: 24 de fevereiro
Horário: 18h30
Condições de Participação: Entrada livre

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Autores da Nossa Terra com Xico Braga

BIBLIOTECA MUNICIPAL DO SEIXAL


Xico Braga apresenta a sua obra Cartas a André, sábado, dia 25 de fevereiro, às 16 horas, no Fórum Cultural do Seixal - Galeria de Exposições Augusto Cabrita.

Xico Braga nasceu em 1950.
Professor desde 1979, desenvolveu a sua atividade, durante vinte anos, no Concelho do Seixal. Dedicou-se à divulgação da fotografia nas escolas, promovendo Cursos de Iniciação e a realização de Exposições e encontros com fotógrafos. Foi um dos responsáveis pelo jornal da escola Moinho de Maré, O Celeiro, tarefa que o encantou. Em 1998, depois de um enfarte, lembrou-se de que queria «ser escritor quando fosse grande» e escreveu o seu primeiro livro de poesia, acreditando que seria o único. Como continuou por cá, foi escrevendo e desafiando amigos para a escrita. Recebeu a medalha de Mérito Cultural, da Câmara Municipal do Seixal, em 2004. Em 2005, descobriu que é giro ser avô e o prazer de escrever estórias para crianças. Entre poesia e vários livros para crianças editados entre 1998 e 2014, surge em 2017 o primeiro romance: Cartas a André.

Cartas a André é um romance epistolar, construído com as cartas escritas para André, um amigo de muitos anos e muitas lutas. Ao lê-las, vamos vencendo as desilusões do autor com um mundo que mudou e com as circunstâncias da vida.

«Como deves ter calculado, esta carta já a estou a escrever no escritório, rodeado dos meus livros, em frente à secretária dela, à espera dela. A imaginá-la. Até amanhã, em que a realidade desmentirá todos estes criadores de sonhos, de aventuras, de realidades inventadas com a arte poderosa dos que pensam o mundo. Amanhã, a realidade será bem melhor do que toda a força que o imaginar tem. Amanhã, a realidade encherá de mel todos os meus sonhos e dar-me-á o alento de que necessito para a vida que me espera. Amanhã, farei as pazes com uma parte fundamental do meu passado, com uma parte, uma outra parte, daquilo que sou. E, porque aprendo, espero ser capaz de mudar e não cometer os mesmos erros.»

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

A Ovelhita Que Sabia Assobiar: Fábulas do Vale da Lã Verde

BIBLIOTECA MUNICIPAL DO SEIXAL


Os autores David Cortegaça, Cristina Viana e Cláudio Pereira apresentam o livro A Ovelhita Que Sabia Assobiar, no dia 18 de fevereiro, às 17 horas, na Biblioteca Municipal do Seixal.

A Ovelhita Que Sabia Assobiar é uma fábula que conta a história de uma ovelha que nasceu sem lã numa comunidade conhecida, na verdade, pelo grande orgulho que tinha nas suas fartas cabeleiras. Marginalizada desde sempre pelos seus semelhantes, esta pequena ovelhita procurava desanuviar e espairecer fazendo longos passeios pela floresta. E num desses passeios, conhece Lito, um simpático pardal com quem cria uma linda amizade. É ele quem lhe dá um nome - Ita - e é com ele que aprende a assobiar. Entusiasmado com a sua nova amiga, Lito leva a ovelhita pelo Vale da Lã Verde para conhecer os seus amigos pardais. Mas esse não foi o encontro que Ita esperava... Para além de não ter sido bem recebida pelos membros da Assembleia Pardaleira, nessa altura chega também a notícia de que os Lobos Constipados da Praia Salgada estariam a caminho do tranquilo Vale da Lã Verde. Inevitavelmente, o pânico logo se instala, mesmo sem se saber se os lobos vêm por bem ou por mal... Todos os pardais se apressam para tentar juntar os animais do vale enquanto Ita e o seu amigo Lito tentam rapidamente avisar a comunidade ovelheira. Mas pensando que a pequena ovelha sem lã estaria a enganá-las, as ovelhas mal-dispostas não ligam aos avisos e viram-lhes as costas. Então, preocupada com a iminência da chegada dos Lobos Constipados e temendo pela vida das outras ovelhas, Ita cria um plano para afugentar os invasores e conta, para isso, com a ajuda de todos os animais… O plano começa a resultar mas os lobos não desistem da sua ideia de ir viver no acolhedor Vale da Lã Verde e continuam o seu percurso, levando Ita a, inesperadamente, se revelar mais forte do que se pensava...

É então que, num último esforço, a ovelhita resolve usar o seu assobio e faz com que os presumíveis malfeitores se assustem e voltem para trás no seu caminho. A pequena ovelha despida é acarinhada e saudada por todos como a salvadora do Vale e, por fim, ainda recebe um presente, no mínimo, inesperado...

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Sessões de Cinema para o Público Infantil/Juvenil

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE PALMELA





















Dia 4 – Barbie Fairytopia
16h00 | Entrada livre | Sala Infantil/Juvenil

Barbie veste-se de Elina! Através do arco-íris, no Reino de Fairytopia, vive Elina, uma linda fada das flores cujo único desejo é possuir asas. A sua casa é uma enorme flor em pleno Prado Mágico onde vive com Bibble, um cogumelo caprichoso, mas adorável. Um dia, ao acordar, Elina apercebe-se de que a sua casa-flor está doente e de que os seus amigos encantados não conseguem voar!

Enchendo-se de coragem para os ajudar, Elina embarca numa fantástica aventura em busca de Azura, uma Fada Guardiã que ela acredita poder resolver o problema...

Público: M/6
Áudio em português


Dia 18 –Willy Fog: as 20.000 léguas submarinas
16h00 | Entrada livre | Sala Infantil/Juvenil


Sinopse – As aventuras de Willy Fog não têm limites! Depois de ter percorrido cada recanto dentro e fora da terra, o mais famoso cavalheiro britânico ruma agora às profundezas do mar... Tudo começa com o misterioso desaparecimento de numerosos barcos. Os navegantes andam aterrorizados com a existência do que creem ser um monstro marinho. Willy Fog decide descer às abissais profundezas do mar para averiguar o que está realmente a acontecer, a bordo do Nautilus, o incrível submarino do misterioso Capitão Nemo...

Público: M/4
Áudio em português

Fonte: Universal Pictures Iberia e LNK Video

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Programa de Animação Infantil 2016/2017

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE PALMELA

































O Comboio das Histórias em Viagem pela História Local

Este mês destacamos a Hora do Conto “O comboio das histórias em viagem por terras de Palmela” (conto original): Esta história retrata uma viagem muito animada pelo nosso concelho, na qual participam personagens características das várias freguesias deste Município. Será feita uma abordagem de acontecimentos, figuras, lendas, tradições, elementos do património edificado ou outros aspetos, que caracterizam o território de Palmela e as respetivas freguesias, recorrendo a uma linguagem própria da literatura infantil em que a fantasia se mistura com a realidade, sem que se altere a identidade histórica da região. O programa completo está disponível para consulta aqui.

Público-alvo (Hora do Conto): Pré-escolar e 1º Ciclo Ensino Básico – 3ª / 5ª feira.

Org.: Câmara Municipal de Palmela

Álbum de Família

BIBLIOTECA MUNICIPAL EM PINHAL NOVO







































Álbum de Família
4 e 11 de fevereiro, de manhã

Estaremos no mercado do Pinhal Novo a receber e a digitalizar fotografias.

O Álbum de Família – Pinhal Novo é um projeto que pretende reforçar a memória coletiva pinhalnovense. A importância da memória coletiva desta comunidade traduz-se, naturalmente, na sua identidade coletiva na medida em que esta é constituída por elementos comuns a todos. Essa identidade coletiva, onde cada um reconhece no outro características comuns, é um fator que incrementa a coesão social.

O Álbum de Família – Pinhal Novo quer desenvolver a coesão social na nossa comunidade. Para isso vamos recordar o nosso passado comum e fortalecer a nossa memória. 

Este projeto precisa de todos os pinhalnovenses. O Álbum de Família-Pinhal Novo precisa de ser construído. Para isso partilhe connosco as suas fotografias mais antigas, anteriores ao ano 2000. Empreste-nos as suas fotografias para que possam ser digitalizadas e devolvidas em seguida. 

Assim, as imagens do passado, guardadas por cada um de nós, não ficarão esquecidas. As memórias que essas imagens abrigam ficarão no nosso Álbum de Família. O conjunto de cada uma das memórias que cada fotografia desperta constituirá parte imprescindível da nossa memória coletiva que deste modo ficará salvaguardada e acessível a todos a partir do Arquivo Municipal.

A construção do Álbum de Família – Pinhal Novo depende de si. Para que ele possa existir empreste-nos as suas fotografias e referencie o que elas representam.

Compareça e partilhe connosco as suas memórias.

Org.: Câmara Municipal de Palmela

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Apresentação do livro "O último voo do cuco" de José Jorge Vinha

REDE MUNICIPAL DE BIBLIOTECAS DE ALMADA
 

No retrato de Brissos - um alentejano duro e pobre mas orgulhoso que por amor à sua liberdade se remeteu a uma margem muito áspera da vida e aí esperou sem um queixume por uma morte anunciada - procurou o autor captar os traços essenciais do homem do antigo povo do litoral alentejano detentor de saberes ancestrais transmitidos de geração em geração na forma de lições magistrais de sobrevivência.

Local: Biblioteca Municipal de Almada
Dia: 11 de fevereiro
Horário: 16h00
Condições de Participação: Entrada livre

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Fala-me de Amor… (Dia de S. Valentim)

BIBLIOTECA DE ALCOCHETE
 
Encontro Intergeracional

A Biblioteca de Alcochete, em parceria com o Agrupamento de Escolas de Alcochete, assinala a efeméride do Dia de S. Valentim com um encontro intergeracional. Esta iniciativa, que integra o Plano Anual de Atividades de Cooperação da RBAL, tem como propósito colocar em animado diálogo casais séniores de Alcochete e turmas do concelho. Assim, propiciamos o diálogo entre gerações e a partilha de saberes, por intermédio de um conjunto de perguntas e respostas que se colocam entre os participantes de várias idades. É já habitual, numa atividade desta natureza, que sejam vividos momentos de profunda ternura que ligam, pelos afetos, as diferentes gerações presentes, mostrando os alunos grande curiosidade sobre os aspetos que se referem aos rituais de namoro e casamento, noutros tempos.
 
Dia(s) - 14 de fevereiro
Hora(s) - 10h30
Local - Biblioteca da Escola Secundária de Alcochete
Público-alvo - Público escolar (alunos do ensino secundário)
Duração - 90 min. (ca.)
Informações - Informações: Biblioteca de Alcochete - 21 2349720 | biblioteca@cm-alcochete.PT
Observações - Atividade integrada no Plano Anual de Atividades de Cooperação da Rede de Bibliotecas de Alcochete.

Xadrez na Biblioteca de Alcochete

BIBLIOTECA DE ALCOCHETE


Aulas de xadrez na Biblioteca de Alcochete sob a orientação do professor Vítor Mira, dirigidas a crianças e jovens com idades compreendidas entre os 06 e os 15 anos.
 
Dia(s) - 11, 18 e 25
Hora(s) - 10h30
Local - Biblioteca de Alcochete – Sala infanto-juvenil
Público-alvo - Crianças e jovens com idades entre os 06 e os 15 anos
Duração - Cerca de 90 minutos
Informações - Informações e marcações: Biblioteca de Alcochete - 21 2349720 | biblioteca@cm-alcochete.pt

Apresentação de livro: Cleo

BIBLIOTECA DE ALCOCHETE

Apresentação de livro: Cleo
Sandra Pestana (introdução de Ruy de Carvalho)
 
“Quando aquela porta se abriu e a vi a olhar para mim, percebi que eu era muito desejada. Ao pegar-me ao colo com carinho, aconchegar-me contra o peito e sussurrar-me ao ouvido que eu era a melhor prenda que já recebera, soube, de imediato, que tinha chegado a casa.”
Resolvi escrever este livro dias após ter perdido a minha companheira de todos os momentos. Pretende ser um tributo à sua memória.
Imortal para mim, decidi imortalizá-la para o mundo!
Sandra Pestana
-----------------------------------------------------------
COMENTÁRIOS:
“Fantástico! Bem escrito e cativante. Para quem gosta de cães, como eu, este livro é a cereja no topo do bolo, para quem não gosta ou é indiferente, o livro é ainda melhor! Parabéns à Cleo por ter sido uma cadela tão encantadora e a ti, Sandra, por tão bem retratares o vosso Amor.”
Ricardo Santos
 
“Adorável! Este é o adjetivo mais apropriado para o livro. Li-o sem qualquer pausa e sem me aperceber de que o tempo ia passando... Cativa leitores de todas as idades... Revivi muitas situações e emocionei-me imenso! Dei muitas gargalhadas e derramei lágrimas! A Cleo era, de facto, uma cadela muito especial a quem, com este livro, foi feita justiça! (...)
O castelo está erguido! Missão cumprida!”
Cláudia Santos
 
“(...) Fico com a clara ideia de que não é o cão o melhor amigo do homem, mas o inverso, o homem é que deve ser o melhor amigo do cão. (...)”
Pedro Santos
“(...) É um hino à determinação, à luta, ao amor, à resistência e ao companheirismo que pode existir entre nós e os outros. (...)”
Paula Leite
 
Dia(s) - 11 de fevereiro (sábado)
Hora(s) - 15h30
Local - Biblioteca de Alcochete: Sala Multiusos
Público-alvo - Público em geral
Duração - c.120 minutos
Informações - Informações: Biblioteca de Alcochete - 21 2349720 | biblioteca@cm-alcochete.PT
Observações - A iniciativa decorre em parceria com a Associação Os Canitos, sendo canalizada parte das vendas do evento para esta associação.